12/101. Druk: Mais uma Rodada (2020)

101 Filmes com Jade
2 min readJun 12, 2021

Nota: 🍷🍷🍷🍷½
Dir.: Thomas Vinterberg

Há duas coisas que ninguém pode discordar sobre este filme:

Que montagem!

e

Que trilha sonora!

Druk trata do experimento “científico” de quatro professores do ensino básico para testar a hipótese de que nós, humanos, seríamos mais felizes e geralmente bem-sucedidos se tivéssemos 0,05% de álcool a mais no sangue constantemente.

Desnecessário dizer que a coisa sai de mão.

O filme aborda temas universalmente identificáveis: estamos envelhecendo, será que não conseguimos mais nos divertir? Será que não temos mais jogo pra encontrar um relacionamento? Será que não temos mais graça para nossos companheiros românticos? Será que perdemos a graça até para nossos entes queridos? Será que a juventude acabou para sempre?

Assim, apropriadamente, o longa abre citando o filósofo existencialista conterrâneo, Søren Kierkegaard:

“O que é a juventude? Um sonho. O que é o amor? O conteúdo do sonho.”

Em contraste com os estudantes, que têm dificuldade em lidar com as pressões da formatura e idade adulta, adquirir cada vez mais responsabilidade… cada um bebe por suas razões.

É significativo também que o filme, falado em dinamarquês, conte com o retorno do hollywoodiano Mads Mikkelsen à terra-natal, interpretando um professor — de novo.

Abdicando de qualquer noção de moralismo, Druk ensaia seus temas com graça e sofisticação sutil, nunca oferecendo soluções, apenas provocações. E culmina numa das cenas finais mais bonitas da carreira do Mads — talvez do Cinema.

Vai um vinho aí? 🦉

Segue a gente no Insta! ~> @101filmescomjade

--

--

101 Filmes com Jade

Dois amigos a um Brasil de distância que decidiram ver um monte de filme junto / Two friends in opposite sides of Brazil who decided to watch a lotta films 🦉🐋