04/101. Pulse (Kairo, 2001)

101 Filmes com Jade
2 min readFeb 16, 2021

Nota: 💾💾💾💾½
Dir.: Kiyoshi Kurosawa

Em inglês, há uma palavra sem equivalência no português: “eerie”. Diz-se de algo… estranho, de forma quase sobrenatural, embora não necessariamente; apenas assustador, inquietante, que paira na atmosfera.

Se algum filme merece tal adjetivo, esse filme é Pulse.

Com uma direção firme, paciente, e enquadramentos estáticos, típicos do j-horror dos anos 2000, Kiyoshi Kurosawa pode bem ter criado a masterpiece do subgênero. Não se pode dizer que o filme tem muito susto; mas medo, desconforto, desolação… isso temos aos montes.

Uma estranha solitária lhe observa de longe

Partindo de uma premissa obscura, o filme trabalha com as angústias das relações interpessoais no início da era da comunicação, quando ninguém sabia bem o que era a Internet. E que angústia! Que é construída do meio pro fim e se estica como um elástico que nunca vai romper.

Auxiliado por uma trilha sonora imersiva (e seminal para obras posteriores, notavelmente Silent Hill), o filme cava seu subconsciente a cada sequência, por mais longa que seja — e talvez por isso não agrade a todos.

Nesta época em que ninguém nunca está sozinho, é mais fácil desaparecer do que suportar a solidão.

Carrière, roteirista francês, disse que há filmes que já nascem mortos: pouco se comunicam com seu tempo. Exatos 20 anos após seu lançamento, porém, Pulse é atual e está vivíssimo, com todos os seus fantasmas.

E você? Deseja ver um fantasma de verdade? 🦉🐋

Pôster alternativo do filme

Siga-nos no Instagram! ~> 101 Filmes com Jade

--

--

101 Filmes com Jade

Dois amigos a um Brasil de distância que decidiram ver um monte de filme junto / Two friends in opposite sides of Brazil who decided to watch a lotta films 🦉🐋